Terceirização pode trazer lucros

Home / Você sabia / Terceirização pode trazer lucros

A terceirização de serviços especializados pode proporcionar inovação tecnológica e ganhos de produtividade e qualidade para a empresa contratante. É o que aponta o superintendente do Grupo A Executiva – Serviços Especializados e Temporários, de Nova Odessa, Edmilson Luiz Formentini. Entretanto, antes de fechar contrato com uma terceirizada, é preciso pesquisar se ela tem a capacidade técnica para executar aquilo que se propôs a fazer.

“A terceirização de serviços especializados é um instrumento moderno e eficaz que permite que as empresas transfiram suas atividades secundárias ou de apoio para empresas especializadas, podendo assim se dedicar exclusivamente às suas atividades principais”, explicou Formentini.

No Brasil, os serviços mais terceirizados são portaria e controle de acesso, limpeza, jardinagem, logística, serviços de telemarketing, promoção, merchandising, entre outros. Não é permitido terceirizar serviços relacionados à “atividade fim”. Ou seja, em uma tecelagem, o tecelão não pode ser terceirizado, mas o setor de limpeza pode.

Diferentemente do trabalho temporário, o vínculo do funcionário terceirizado é com a terceirizada, e não com a empresa tomadora do serviço. “Se você terceiriza o atendimento telefônico e uma funcionária pratica uma negligência e danifica o aparelho, quem tem que repor é a terceirizada”, disse Formentini.

Algumas das principais vantagens da terceirização de serviços especializados envolvem a redução de custos. A empresa tomadora deixará de gastar com processos de recrutamento e seleção, gerenciamento de folha de pagamento, encargos sociais e trabalhistas, benefícios sociais, verbas rescisórias, entre outros. “As empresas tomadoras irão verificar se os serviços contratados estão realmente sendo entregues com qualidade e produtividade. A terceirização possibilita que as empresas tomadoras dediquem-se mais em suas atividades finais, resultando assim em maior crescimento de mercado e, como consequência, uma maior lucratividade”, afirma Formentini.

O especialista diz que quem quer terceirizar deve pensar por último nos custos e focar na qualidade do serviço que será oferecido. “Num primeiro momento, não pode ater-se única e exclusivamente na redução de custos, mas sim em qualidade, produtividade. Nos processos inciais os custos podem ficar equilibrados, mas a terceirizada irá implantar melhorias de gestão, e assim haverá redução de custos operacionais”, disse.

Formentini alerta que é necessário verificar se no contrato social da terceirizada consta a atividade que ela vai exercer. Solicitar planilha analítica dos gastos e o CRS (Certidão de Regularidade de Situação) da terceirizada junto aos sindicatos também é indicado.

 

Fonte: Portal Todo Dia

Related Posts

DEIXE SEU COMENTÁRIO